quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Asas de Deus



Nesta manhã recebi esta mensagem em meu e-mail, fiquei emocionado pela grandeza de uma história “real”... então fiz questão de publicá-la aqui no blog. Segue a mensagem do e-mail:
Depois de um incêndio florestal no Parque Nacional de Yellowstone, guardas florestais começaram a sua caminhada até uma montanha para avaliar os danos do inferno e um colaborador chamado Umranger encontrou um pássaro literalmente petrificado em cinzas, empoleirado statuesquely no chão da base de uma árvore. Um pouco enojado com a visão misteriosa, ele derrubou o pássaro da árvore. Quando ele bateu nela delicadamente, três filhotes minúsculos correram sob as asas de sua mãe morta. A mãe amorosa, em plena consciência do desastre eminente, tinha levado seus filhos para a base da árvore e reuniu-os debaixo das asas, instintivamente sabendo que a fumaça tóxica subiria. Ela poderia ter voado para a segurança, mas se recusou a abandonar seus bebês. Em seguida, o incêndio chegou e o calor tinha queimado seu corpo pequeno, a mãe havia permanecido firme... porque ela tinha se disposto a morrer, pois sabia instintivamente que aqueles pequeninos sob a cobertura de suas asas viveriam.
“Ele te cobrirá com suas penas, e debaixo de suas asas VOCÊ encontrará refúgio”. Salmos 91.4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário